Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Setenta famílias são beneficiadas com reativação de poço pela Cohidro em Carira

O serviço foi concluído nesta semana, após a substituição da bomba submersa que havia sido furtada
22 de Março de 2019 | 16:08

Para fornecer água dessalinizada para cerca de 70 famílias da comunidade do povoado Lagoa dos Porcos, no município de Carira, a Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe – Cohidro realizou intervenção técnica, reativando a captação de água na localidade. O serviço foi concluído nesta semana, após a substituição da bomba submersa que havia sido furtada de dentro do poço que abastece uma unidade do Programa Água Doce (PAD). 

Segundo o gerente da Divisão de Instalação e Manutenção de Poços da Cohidro (Dipoços), Roberto Wagner, o serviço envolveu o investimento de cerca de R$ 4 mil. “Realizamos a reinstalação de eletrobomba submersa nova, a substituição de tubulação de sucção,  com utilização de novos cabos elétricos e de dois tipos de cordas de nylon. A bomba nova ficou produzindo uma vazão de 4.860 litros/hora. A anterior não é possível dizer, pois não estava mais lá. Estimamos, contudo, que ela estava operando com uma vazão de 3 mil litros/hora”, pontua o técnico.

Para o morador Genivaldo Martins de Jesus, o resultado do serviço foi satisfatório, considerando o aumento da força da água. “Está saindo com mais força. A comunidade agradece”, disse. Seu Genivaldo vive no Lagoa dos Porcos há mais de 20 anos, onde também trabalha como professor. Ele conta que o sistema simplificado de abastecimento é a única fonte de água da comunidade, principalmente no período de verão. “Quando tem outra, é água de tanque (da chuva), que não é adequada para o consumo humano - ainda mais que a chuva até agora foi bem pouca na região. A do sistema é de boa qualidade, dessalinizada”, disse.

Diretor administrativo e financeiro da Cohidro, Diogo Menezes Machado tem residência em Carira e tomou conhecimento do furto antes que os representantes da comunidade precisassem comunicar à empresa. “A gente sabe da situação difícil que o Estado está passando, mas diante do problema da comunidade, que tem no sistema simplificado do PAD a única forma de abastecimento de água, a gente entendeu que precisava viabilizar o conserto, o mais breve possível, para a comunidade não sofrer com a falta de água em uma região tão seca. Isso mostra a preocupação do governo do Estado, através da Cohidro, com a população mais necessitada”, analisa.

O presidente da Cohidro, Paulo Henrique Machado Sobral, explica que a Cohidro é parceira do Programa Água Doce, executado pela Sedurbs [Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade] por meio de convênio entre o Estado e o governo federal. “A Cohidro entra realizando o serviço de reativação e instalação de poços antigos. São poços que não tinham sido instalados justamente por serem salinos, mas que estão fornecendo água até hoje para essas unidades de dessalinização em todo estado. Temos um membro no painel consultivo do programa, a nossa geóloga Maria Auxiliadora Santos Lima”, observa o diretor.

No mesmo dia em que foi concluída a reposição da bomba furtada, a equipe da Cohidro recolheu o quadro elétrico da bomba de um outro sistema semelhante e em uma povoação vizinha, no município de Carira: o Três Tanques. Em Aracaju, os técnicos da empresa fazem testes e substituição de peças no equipamento para reativar a captação de água naquele poço. Durante o ano de 2018, foram realizadas 100 manutenções de poços como essa no povoado Três Tanques e, no mesmo período, a Cohidro recuperou 31 outros poços, do mesmo modo que ocorreu no Lagoa dos Porcos.

  • Medium 595fc63c11b63b320c2fca4e6a597b81
  • Medium d5715d12a56209bada15ace165342f35
  • Medium fde2afb37a7bd177d8744122e05f4a25
Medium 595fc63c11b63b320c2fca4e6a597b81Medium d5715d12a56209bada15ace165342f35Medium fde2afb37a7bd177d8744122e05f4a25